André Alves de Lima

Talking about Software Development and more…

Revisão de 2016, metas para 2017

Bem vindo(a) à primeira publicação de 2017! Para não perder o costume, o primeiro post do ano será uma revisão do ano passado e estabelecimento de metas para este novo ano.

Você ainda não definiu as suas novas metas? Dá uma olhada aí nas minhas. Quem sabe eu acabo te inspirando com os meus aprendizados desse ano que passou.

Aprendizado de 2016: quase tive um burnout

O ano de 2016 foi muito tenso e agitado. Começamos o ano com a Larissa grávida de 5 meses do nosso segundo filho, o Thomas. Como vocês já devem imaginar, tivemos muitas consultas no ginecologista, controles para ver se tudo estava certo e, no começo de maio, nasceu esta belezinha:

Aqui na Alemanha os pais de filhos pequenos têm alguns benefícios. Um deles é a possibilidade de tirar uma licença para cuidar o filho recém-nascido. Não vou entrar em detalhes aqui sobre esse benefício, mas, só para vocês terem uma ideia, eu poderia ter tirado uma licença parcialmente remunerada durante um ano, além de outros anos não remunerado. Claro que eu não fiz isso, mas eu tirei os meses de junho e julho para ajudar em casa com o Thomas.

Porém, não pense que eu fiquei em casa “só ajudando a Larissa em casa” (o que já é um trabalhão enorme). Além disso, eu resolvi pegar esse tempo para dar um gás nas coisas aqui do site também. Dei uma boa evoluída no curso sobre Report Viewer, mas infelizmente não consegui termina-lo.

Depois da volta ao trabalho em agosto, os meus dias tinham mais ou menos essa estrutura:

– 04:30 – despertador
– 04:30 – 05:00 – meditação, reflexões, pequeno exercício
– 05:00 – 06:00 – trabalho no site
– 06:00 – 06:30 – trabalho no site (se a Sophie ainda estivesse dormindo)
– 06:30 – 07:40 – café e banho
– 07:40 – 08:00 – levar Sophie no Kindergarten e ida ao trabalho
– 08:00 – 17:00 – trabalho na Savcor com 1 hora de almoço
– 17:00 – 19:30 – janta, tempo com crianças, colocar crianças pra dormir
– 19:30 – 20:00 – exercício (corrida 2km + exercícios de fisio)
– 20:00 – 21:00 – trabalho no site
– 21:00 – 21:30 – leitura
– 21:30 – dormir

Isso quando não tinha algum compromisso à noite, como as aulas de alemão que temos todas as terças-feiras. E isso também trabalhando super focado utilizando a Técnica Pomodoro (mais informações sobre essa técnica aqui).

Agora repita isso por alguns meses, além de finais de semana recheados de coisas para fazer (coisas que ficam acumuladas durante a semana, como levar o lixo na estação de lixo reciclável, comprar roupas para as crianças, etc). Junte também nesse bolo um projeto super tenso que começou na Savcor em outubro com prazo de entrega curtíssimo e que ocasionou no cancelamento de todas as férias de final de ano da empresa toda.

Sabe qual é o resultado de tudo isso? Quase tive um burnout!

Nunca passei por um ano em que eu fiquei mais doente como em 2016. Eu tive gripes, resfriados ou dores de garganta fortes praticamente uma vez por mês entre fevereiro e dezembro. Isso sem falar no stress constante em casa (no casamento) por causa disso tudo.

No começo de dezembro, no auge da última gripe forte do ano, eu e a Larissa tivemos uma conversa sobre tudo isso que estava acontecendo. Para nós, estava óbvio que todas essas doenças estavam acontecendo porque estávamos muito sobrecarregados. Por causa disso, resolvi pegar mais leve com o site em 2017. Vou focar somente em continuar produzindo conteúdo e respondendo os leitores, mas sem criar novos produtos. Além disso, estou dando uma pausa na utilização da Técnica Pomodoro. Isso vai atrasar um pouco o processo de transformar o site em um negócio de verdade, mas, fazer o quê. Paciência é uma virtude.

Outro aprendizado: diversificar as publicações

Ironicamente no ano em que eu mais me dediquei ao site (e quase acabei entrando em colapso por causa disso), a Microsoft entendeu que as minhas contribuições não foram suficientes para a renovação do meu MVP. Eu conto a história em detalhes neste post, mas basicamente o motivo dado pela Microsoft foi que eu deveria ter diversificado mais os canais de publicação. Ou seja, o fato de eu ter produzido somente material em formato de artigo (além do e-book sobre Report Viewer que eu publiquei no final de 2015) foi o motivo de eu não ter conseguido renovar o prêmio.

Independente do MVP, eu já tinha sacado que o mundo está se voltando para o formato em vídeo. Não é à toa que o Youtube é a segunda maior ferramenta de busca do mundo, perdendo somente para o Google. Juntando isso ao fato que eu realmente gosto de ensinar no formato de vídeo aulas, eu resolvi que vou diversificar um pouco as publicações, produzindo alguns conteúdos em formato de artigo e outros conteúdos em formato vídeo (darei mais detalhes sobre isso na seção de metas para 2017).

Revisão das metas de 2016

Agora que já falei um pouco dos aprendizados de 2016, vamos ver como ficou o resultado das metas que eu tinha estabelecido?

Ler um livro por mês(OK)

Meta cumprida. Consegui ler um livro por mês. Foram estes aqui:

Alguns foram boas escolhas, outros nem tanto. Se você se interessar por algum desses livros, entra em contato comigo que eu te dou mais detalhes. Percebi que os relatos dos livros que eu li não tiveram muito sucesso aqui no site em publicações passadas, portanto não vou me estender muito nesse ponto.

Evento social pelo menos uma vez por mês(não OK)

Não cumpri, mas, sabe de uma coisa? Tudo bem. Não é legal ficar forçando compromissos. Temos que encontrar com pessoas e combinar passeios somente quando temos vontade, e não ter que ficar lembrando de fazer isso todo mês.

Meditar de segunda a sexta-feira(OK)

Alguns dias falharam, mas estou feliz com o resultado. É visível a diferença na minha paciência comparando os dias em que eu medito com os dias em que eu não medito. Parece que a meditação te dá aquele 1 segundo a mais antes de reagir frente a uma situação difícil. Em 2017 eu vou continuar meditando de segunda a sexta-feira sem sombra de dúvida.

Reestruturar a página “Sobre” do site(OK)

Feito! Você já deu uma olhada na minha nova página “Sobre”? O que achou?

Criar página de consultoria no site(não OK)

Vai ficar para 2017.

Criar página de download de lead magnets(não OK)

Também vai ficar para 2017.

Lançar mais dois produtos(não OK)

Não consegui terminar nem um produto. Caminhei bem com o curso sobre Report Viewer: consegui finalizar todas as capturas de tela e tenho 18 capítulos já editados e finalizados. Ficou faltando a narração e edição de 5 capítulos, além dos capítulos de abertura e fechamento. A ideia é tentar finalizar esse curso em 2017 para não perder todo esse trabalho que eu já tive até aqui.

Metas para 2017

Metas de 2016 revisadas, agora é hora de estabelecer as metas de 2017. Sem mais delongas, aí vão elas.

– Pegar mais leve com o trabalho para evitar burnout: como mencionei anteriormente, quase tive um burnout no final do ano passado. Não quero repetir o mesmo erro este ano, portanto vou pegar mais leve com o trabalho, tanto na empresa quanto no site. Vou focar somente na produção de conteúdo, sem trabalhar no desenvolvimento de novos produtos (tirando o curso sobre Report Viewer que eu gostaria de finalizar e publicar). Além disso, vou dar uma pausa na Técnica Pomodoro (só vou utiliza-la para atividades do site, e não mais na Savcor).

– Um artigo a cada 15 dias, um vídeo a cada 15 dias (1 conteúdo por semana): continuo com a meta de produzir 52 novos conteúdos este ano (um por semana). Porém, agora será um artigo intercalado com um vídeo. Ou seja, artigo uma semana, vídeo na outra semana, e por aí vai.

– Finalizar o curso sobre Report Viewer: falta pouco para finalizar o curso sobre Report Viewer (eu diria que estou com uns 80-85% do curso concluído). Seria excelente se eu conseguisse um tempo para finaliza-lo em 2017.

– Aprender o básico de desenvolvimento web ou mobile: toda a minha carreira foi voltada a desenvolvimento de aplicações desktop. Vou continuar focando nisso, mas sinto que eu preciso urgentemente aprender o básico sobre desenvolvimento web ou mobile. Ainda não decidi qual vai ser, mas quero aprender o básico de uma dessas plataformas em 2017.

– Correr pelo menos 6km por semana e competir na corrida da cidade: lá por volta de abril do ano passado eu comecei a praticar corrida. Eu cheguei em um nível no qual eu estava conseguindo correr 2km por dia, cinco vezes por semana. Esse ritmo estava um pouco demais e no final do ano acabei parando por causa dos meus resfriados recorrentes (e também por causa do frio – correr dentro de casa na bicicleta elíptica no inverno com neve não é tão atraente quanto dar uma corrida no lago da cidade no verão). Esse ano quero retomar as corridas num nível mais aceitável (pelo menos 6km por semana) e quero competir na modalidade 10km da corrida aqui da cidade onde eu moro, que acontecerá no dia 20/05/2017.

– Ler um livro por mês: como de costume, quero ler 12 livros em 2017. Já decidi exatamente quais serão os livros e em qual ordem eles serão lidos:

– Ask Gary Vee (Gary Vaynerchuk)
– The Slight Edge (Jeff Olson)
– A história do mundo para quem tem pressa (Emma Marriot)
– The compound effect (Darren Hardy)
– The one thing (Gary Keller)
– A história do Brasil para quem tem pressa (Marcos Costa)
– Made to Stick: Why Some Ideas Survive and Others Die (Chip Heath e Dan Health)
– Produtividade para quem quer tempo (Gerônimo Theml)
– What If?: Serious Scientific Answers to Absurd Hypothetical Questions (Randall Munroe)
– The Thank You Economy (Gary Vaynerchuk)
– The Sleep Revolution (Arianna Huffington)
– Ghost Boy (Martin Pistorius)

Como o Thomas ainda está dormindo no nosso quarto, está complicado de ficar lendo na cama (por causa da luz acessa). Por isso, vários dos livros que eu comprei para esse ano foram no Kindle (contra a minha vontade, para ser bem sincero – eu gosto mesmo é de livro no formato físico!).

Obrigado por acompanhar!

Antes de me despedir, eu gostaria de agradecer por vocês terem acompanhado essa minha revisão e estabelecimento de metas. Espero que eu consiga inspirar algumas pessoas a não cometerem os mesmos erros que eu cometi.

E você, já deu uma revisada em como foi o ano de 2016 para você? Já estabeleceu as suas metas para esse ano? Agora é a hora, não deixe passar! Cada vez mais o ano passa voando e quando a gente menos percebe já é final de ano novamente.

Até a próxima!

André Lima

Image by Pixabay used under Creative Commons
https://pixabay.com/en/archery-arrow-goal-sports-focus-472932/

4 thoughts on “Revisão de 2016, metas para 2017

  • Wennder dos Santos disse:

    Fala André! Feliz ano novo!
    Parabéns pelas metas cumpridas.
    Você consegue seguir seus horários todos os dias? Queria ter uma rotina, nunca consigo.
    Um site muito bom para aprender desenvolvinto web (front-end) é o code School. Lá tem cursos muito legais. Se eu puder ajudar, estou a um email de distância.

    Abraços!

    • andrealveslima disse:

      Fala Wennder! Valeu!

      No ano passado eu estava bem disciplinado com os horários.. Na maioria dos dias eu conseguia cumprir os horários que eu tinha planejado.. Mas, como comentei na revisão, isso quase acabou me causando um burnout.. Portanto, o plano esse ano é dar uma desacelerada, esperar passar o primeiro ano do nosso segundo filho (que é normalmente o período mais desafiador) e voltar a acelerar de leve em 2018..

      Valeu pelas dicas de sites para aprender desenvolvimento web.. Vou dar uma olhada neles depois.. :)

      Um grande abraço!
      André Lima

  • Frederico disse:

    Eu tive o ano de 2016 muito bom, pela quantidade de conhecimento que adquiri, lendo este artigo, percebi que ainda não fiz um plano a médio e curto prazo para este ano.

    Saúde sempre em primeiro lugar, este ano eu pretendo não ser tanto sedentário quanto o ano que passou.

    Um abraço

    • andrealveslima disse:

      Olá Frederico, obrigado pelo comentário!

      Espero que você consiga concretizar os seus planos para este ano, principalmente a questão da saúde, que é a coisa mais importante na nossa vida..

      Um grande abraço!
      André Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *